© 2023 by The Voice Project. Proudly created with Wix.com

Os Direitos Sexuais têm a sua história marcada com a luta das mulheres pela igualdade política sem distinção sexual, focado nos direitos sociais à educação e ao sufrágio, o movimento ganhou força durante os século XIX e XX. Entretanto, o debate e a incidência política só veio a se fortalecer expressivamente nos anos 60 e 70, quando teve início a luta contra a opressão às mulheres, problematizando as formas de construção dos papéis sociais de mulheres e homens. Os direitos humanos das mulheres e da população LGBT+ incluem o direito de controle e decisão, de forma livre e responsável, sobre questões relacionadas à sexualidade, incluindo-se a saúde sexual, livre de coerção, discriminação e/ou violência. A conquista do direito de decidir sobre o corpo, permitiu que as mulheres e que a população LGBT+,  passassem a: conhecer e experimentar o seu próprio corpo livre de crenças sociais; refletir  sobre as questões relacionadas à expressão da própria  sexualidade; falar sobre o seu prazer sexual; problematizar a construção dos papéis sexuais; e, construir uma agenda cuja pauta central esteja a saúde da mulher e da população LGBT+. Os Direitos Sexuais são os direitos que garante que toda a pessoa pode vivenciar a sua vida sexual com prazer e livre de discriminação. Viver a sexualidade sem medo, vergonha, culpa, falsas crenças e outros impedimentos à livre expressão dos desejos; O direito a métodos de prevenção que visem a prática do sexo seguro para prevenir uma gravidez não planejada e as infecções sexualmente transmissíveis, incluindo o HIV-Aids;

  • mandala99_png_37395
  • download
  • YouTube Social  Icon

Notícias

  • Facebook Social Icon

Você conhece a PrEP?

A adesão é voluntária, é rápida, gratuita e sigilosa e pode ser feita nas dependências da Policlínica Centro/CTA, que conta com pessoas capacitadas para a sua aplicação.


O que: Teste rápido para o hiv e adesão a PrEP
Quando: De segunda a sexta, das 08h às 18h
Onde: Policlínica Centro/CTA


Caso tenha alguma dúvida sobre IST/HIV/Aids e/ou precise de algum aconselhamento, pode entrar em contato com o educador de par do projeto ImPrEP Brasil por telefone, correio eletrônico (kellyvieirameira@gmail.com) ou pessoalmente, é só COMBINAR! Ou, também, contar com a equipe de profissionais especializados que vão-lhe receber, tirar as suas dúvidas ou apenas conversar, caso estejas a precisar de algum esclarecimento sobre Prevenção Combinada. No CTA/Centro será bem acolhido/a, tenha certeza! Adicione-me no seu WhatsApp, (48) 98486-6163 (Kelly Vieira Meira), ou entre em contato com os profissionais da Policlínica Centro, agendando uma consulta, agora mesmo: Ambulatório para Profilaxia Pré-Exposição ao HIV (PrEP) SUS Floripa, e-mail: prepsusfloripa@gmail.com; Facebook: https://www.facebook.com/prephivsusfloripa/ .

Assessoria jurídica gratuita à população de pessoas vivendo e convivendo com HIV, LGBT+, profissionais do sexo e outras populações em situação de vulnerabilidade social, na Grande Florianópolis.

A Associação em Prol da Cidadania e dos Direitos SexuaisEstrela Guia e a AlvesAdvocacia Sustentável oferecem assessoria jurídica gratuita à população de pessoas vivendo e convivendo com HIV, LGBT+, profissionais do sexo e outras populações em situação de vulnerabilidade social, na Grande Florianópolis. O projeto é uma iniciativa conjunta e visa firmar diversas parcerias, além de agilizar as demandas que serão atendidas diariamente pelos advogados/as, ações civis e penais.

O projeto prevê atendimentos prioritários às pessoas que vivem expostas à violência de gênero e sofrem pela negligência de diversos aparelhos que impedem os direitos garantidos por lei, uma vez que, grande parte da população beneficiada desconhecesse esses direitos, o que só aumenta a exposição à violência e ao abandono por parte do Poder Público.
Foi pensando nisso que a equipe da Estrela Guia e a Alves — Advocacia sustentável firmaram essa parceria e atuarão na defesa de direitos básicos de pessoas historicamente marginalizadas, como LGBT+, profissionais do sexo e pessoas vivendo com o vírus HIV/aids, assegurando, de forma digna, o acesso ao serviço público de saúde, previdenciário, entre outros direitos.
O nome do projeto "Contra a Síndrome do Preconceito: É Direito, Saber Direito” foi inspirado em práticas de reflexão e trocas de experiências, visando oferecer conhecimento jurídico, capaz de mudar realidades, atendendo às necessidades num campo que poucos têm acesso, o poder judiciário.

Já nos primeiros atendimentos, a equipe identificou algumas necessidades, como a intervenções num sistema de ensino de Florianópolis devido assédio por conta da transfobia institucionalizada.

Serviço: Rede Jurídico Social — Assessoria Jurídica Gratuita. Onde: Rua dos Ilhéus, nº46 - Sl 1007 - Centro  — Florianópolis/SC e nos CTAs (Centros de Testagem e Acolhimento de Florianópolis, São José, Palhoça e Biguaçu). Informações e agendamentos (48)99658-6747 (Juliano Martins).
 

Abertas as inscrições para: OFICINA de SENSIBILIZAÇÃO, RECONHECIMENTO e REFLEXÃO sobre as violências sofridas pelas pessoas LGBT+, no contexto da Assistência Social.

A Associação em Prol da Cidadania e dos Direitos SexuaisEstrela Guia em parceria com o Instituto Comunitário da Grande FlorianópolisICOM e o Laboratório Interdisciplinar de Ensino de Filosofia e SociologiaLefis/UFSC, através da Secretaria Municipal de Assistência Social/SEMAS/PMF vem por meio deste, convidar você, profissional que atua nos serviços de assistência social, para a OFICINA de SENSIBILIZAÇÃO, RECONHECIMENTO e REFLEXÂO sobre as violências sofridas pelas pessoas LGBT+, no contexto da Assistência. A oficina tem por objetivo proporcionar reflexões, de forma interseccional, sobre os estigmas da sexualidade, visando firmar um conhecimento que altere pratica e emancipe os sujeitos, resignificando relações que naturalizam opressões, contribuindo para manutenção da Assistência como um espaço de legitimação das diferenças, garantindo o exercício das diversas identidades.

Quando: dias 18, 19, 26 e 27 de junho de 2019.

Carga Horária: 20h.

Horário: 08h às 12h..

Local: R. Antônio Dib Mussi, 473 - Centro, Florianópolis - SC, 88015-110. 

Número de vagas: 20.

 

Tem direito ao certificado, gerado pelo Lefis/UFSC, quem cumprir pelo menos 75% de participação nos Encontros Temáticos. Maiores informações, entrar em contato com Kelly Vieira Meira, pelo telefone: 48-98486-6163.

Planejamento e referências bibliográficas, acesse aqui. Inscrições, neste link.
 

Atenção, estão abertas as inscrições para: OFICINA de SENSIBILIZAÇÃO, RECONHECIMENTO e REFLEXÃO sobre as violências sofridas pelas pessoas LGBT+, no contexto da EDUCAÇÃO.

Associação em Prol da Cidadania e dos Direitos Sexuais — Estrela Guia em parceria com o Instituto Comunitário da Grande Florianópolis — ICOM e o Laboratório Interdisciplinar de Ensino de Filosofia e Sociologia — Lefis/UFSC, através da Secretaria do Estado de Educação/SED/SC vem por meio deste, convidar você que é profissional da educação, para a OFICINA de SENSIBILIZAÇÃO, RECONHECIMENTO e REFLEXÂO sobre as violências sofridas pelas pessoas LGBT+, no contexto da EDUCAÇÂO. A oficina tem por objetivo de proporcionar reflexões, de forma interseccional, sobre estigmas da sexualidade na educação, visando​ firmar um conhecimento que altere praticas e  emancipe os sujeitos, resignificando relações que naturalizam opressões, contribuindo para manutenção da escola como um espaço de legitimação das diferenças, garantindo o exercício de identidades diversas, para além da teoria.

Quando: dias 15 e 16 de abril de 2019.

Horário: 08h às 17h.

Local: Instituto Estadual de Educação- Auditório Myrtô

Número de vagas: 25.

Tem direito ao certificado gerado pelo Lefis/UFSC quem cumprir pelo menos 75% de participação nos Encontros Temáticos.

Desde já agradecemos a todxs, e ressaltamos a importância de uma educação emancipadora e inclusiva, também no que diz respeito à população LGBT+.

Maiores informações, entrar em contato com Patrícia Maria Macedo Alves, pelo telefone: 48-99934-6227.

Planejamento e referências bibliográficas, acesse aqui. Inscrições neste link.

ATENÇÃO, INSCRIÇÕES ENCERRADAS PARA OFICINA EM SAÚDE E POPULAÇÃO LGBT+

A Associação em Prol da Cidadania e dos Direitos SexuaisEstrela Guia em parceria com o Instituto Comunitário da Grande FlorianópolisICOM e o Laboratório Interdisciplinar de Ensino de Filosofia e SociologiaLefis/UFSC, através da Escola de Saúde Pública de Santa Catarina, Diretoria de Vigilância em Saúde/DIVE vem por meio deste, convidar você que é profissional de Saúde, para a OFICINA de SENSIBILIZAÇÃO EM BOAS PRÁTICAS E HUMANIZAÇÃO do SUS/POPULAÇÃO LGBT+. A oficina tem o objetivo de proporcionar a reflexão filosófica sobre estigmas da sexualidade humana na formação dos profissionais que atuam em estabelecimentos de saúde, ressaltando assim a responsabilidade e a compreensão dos problemas de saúde relacionados à diversidade sexual e a importância da produção de um ambiente acolhedor e equânime, uma vez que o silenciamento e a negação da diversidade sexual contribuem para o enaltecimento das manifestações de preconceitos.

Quando: dias 26 e 28 de março de 2019.

Horário: 09h às 18h.

Local: Escola de Saúde Pública de SC.

Número de vagas: 20.

Tem direito ao certificado gerado pelo Lefis/UFSC quem cumprir pelo menos 75% de participação nos Encontros Temáticos.

Desde já agradecemos a todxs, e ressaltamos a importância da prevenção no que diz respeito à saúde da população LGBT+.

Maiores informações, entrar em contato com Kelly Vieira Meira, pelo telefone: 48-98486-6163.

1 / 3

Please reload